PORTUGAL | Caminhos Pombalinos

Pombal / Marinha Grande / Outeiro / Santiago da Guarda / Soure / Fátima

Período

Todo o Ano

Partidas

Lisboa

Reservas até

Não aplicável
Ref.: LNVT1070

Pombal / Marinha Grande / Outeiro / Santiago da Guarda / Soure / Fátima

 

1º Dia – Lisboa / Granja / Termas do Bicanho

Partida de Lisboa pelo oeste por Torres Vedras, Caldas da Rainha, paragem em Alfeizerão e continuação para a Marinha Grande. Visita ao museu do Vidro, que reúne coleções da atividade industrial, artesanal e artística vidreira portuguesa, desde meados do século XVII e época pombalina até à atualidade. Saída por Monte Real e Monte Redondo para Granja. Almoço regional. De tarde partida para Outeiro para visita aos peculiares moinhos de vento locais, de construção e funcionamento únicos. São originais dado que toda a estrutura roda à procura do vento que faça girar as velas, que transmitem o movimento às suas mós. O local é ainda de ampla panorâmica sobre a região. Continuação para Santiago da Guarda. Visita ao conjunto monumental de Santiago da Guarda constituído pela Torre, Paço e Capela. Classificado como monumento nacional e exemplar da arquitectura manuelina, datado da 2.a metade do século XV, expressa em algumas das suas portas e janelas. Visita ainda a uma queijaria tradicional, com prova de queijo característico desta região, apreciado nacional e internacionalmente. Saída por Degracias para Soure, vila com passado de Templários. Panorâmica pelo centro e continuação para Termas do Bicanho. Jantar e alojamento.

2º Dia – Termas do Bicanho / Pombal / Lisboa

Pequeno-almoço. Partida para Pombal. Visita ao museu do Marquês de Pombal, instalado Cadeia Velha, edifício mandado construir pelo próprio. Inaugurado em 1982, o seu espólio documenta a vida e obra de Sebastião José de Carvalho e Melo, com valiosa colecção documental, de quadros e gravuras, mobiliário, coleções de medalhística, cerâmica, vidro, metais, fotografia e vários bustos. Segue-se a visita ao Castelo de Pombal. Mandado erigir no séc. XII por Gualdim Pais, foi importante na linha defensiva do Mondego. Com planta em forma de escudo e torreões quadrangulares, foi intervencionado no séc. XX devido aos efeitos da passagem das tropas de Napoleão e requalificado em 2014. Tempo no centro de Pombal para visita à igreja de N. Sra. do Cardal nascida na sequência do cumprimento de um voto feito em 1707 pelo conde de Castelo Melhor. A fachada, bem proporcionada enquadra-se perfeitamente no tipo arquitetónico do início do reinado de D. João V. Restante tempo na cidade. Almoço regional. De tarde, partida por Santiago de Litém, Albergaria dos Doze e Espite para Fátima. Paragem junto ao santuário com tempo para compromissos religiosos e compra de recordações. Regresso a Lisboa.

Palace & Spa Termas do Bicanho ****

Preço Por Pessoa Desde: 195€ (Duplo) | 220€ (Single)

 

Serviços incluídos:

Transporte em autocarro de turismo;
Guia acompanhante;
Alojamento e pequeno-almoço nos hotéis previstos ou similares;
2 Almoços com água e vinho (dias 1 e 2);
1 Jantar com água e vinho (dia 1);
Visita ao museu do vidro na Marinha Grande;
Visita aos moinhos do Outeiro;
Visita ao conjunto monumental de Santiago da Guarda;
Visita a queijaria de Sicó com prova de queijo;
Visita ao museu do Marquês de Pombal em Pombal;
Visita ao castelo de Pombal;
Seguro de viagem.

 

Os preços não incluem:

Tudo o que não esteja incluído no programa.

Marquês de Pombal

Sebastião José de Carvalho e Melo, Marquês de Pombal e Conde de Oeiras (Lisboa, 13 de maio de 1699 – Pombal, 8 de maio de 1782) foi um nobre, diplomata e estadista português, secretário de Estado do Reino durante o reinado de D. José I (1750-1777), sendo considerado, ainda hoje, uma das figuras mais controversas e carismáticas da história portuguesa. Representante do despotismo esclarecido em Portugal no século XVIII, viveu num período da história marcado pelo iluminismo. Iniciou com esse intuito várias reformas administrativas, económicas e sociais. Acabou com a escravatura em Portugal Continental e com a discriminação dos cristãos-novos, apesar de não ter extinguido oficialmente a Inquisição portuguesa. A sua administração ficou marcada por duas contrariedades célebres: o primeiro foi o Terramoto de Lisboa de 1755, um desafio que lhe conferiu o papel histórico de renovador arquitectónico da cidade. Mais tarde, o Processo dos Távoras, uma intriga com consequências dramáticas.

 

Nota: Para melhor desfrutar deste circuito, aconselhamos a utilização de vestuário e calçado prático, assim como chapéu.

Mapa
TODA A INFORMAÇÃO AQUI PRESTADA NÃO DISPENSA A CONSULTA DOS NOSSOS CONSULTORES E DAS CONDIÇÕES GERAIS E PARTICULARES DA VIAGEM ORGANIZADA

PEÇA JÁ O SEU ORÇAMENTO

    Nome *
    Telefone *
    Email *

    Data de Partida *
    Data de chegada *
    Datas Flexíveis *

    Adultos *
    Crianças
    Bebés

    Nº de Quartos *
    Regime *

    Mensagem

    MAIS PROGRAMAS